Páginas SERgipanas

domingo, 7 de setembro de 2014

1º Curso da ESCOLA AUSTRÍACA do Brasil

Uma valorosa iniciativa do Instituto Ludwig von Mises Brasil um material disponível na seção de Multimídia, e também no canal Mises Brasil no youtube. Outros cursos similares, palestras e podcasts também podem ser apreciados ali.

AULA INAUGURAL
Hélio Beltrão

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=LPl7bYa2H2Y#t=64


Aula 1 - A História do Pensamento Econômico
Aula 2 - A tríade básica ou núcleo fundamental da Escola Austríaca
Aula 3 - Os elementos de propagação da Escola Austríaca
Aula 4 - O âmbito da "Praxeologia"
Aula 5 - O conhecimento nas Ciências Sociais
Aula 6 - Individualismo Metodológico
Aula 7 - Epistemolologia e Falibilismo
Aula 8 -  A construção de uma Ciência da Ação Humana
Aula 9 - Problemas centrais da Política e a resposta Liberal
Aula 10 - O lugar da Escola Austríaca na Tradição Liberal
Aula 11 - Liberdade, Justiça, Estado de Direito e Democracia
Aula 12 - A crítica ao Socialismo e as propostas para uma Sociedade Livre
Aula 13 - O núcleo básico
Aula 14 - Os elementos de propagação
Aula 15 - O mercado como um processo
Aula 16 - A função empresarial e o empreendedorismo
Aula 17 - O debate sobre o cálculo econômico
Aula 18 - Teoria monetária austríaca
Aula 19 - Moeda, capital e tempo
Aula 20 - Teoria Austríaca do capital
Aula 21 - Teoria Austríaca dos ciclos econômicos
Aula 22 - A "macroeconomia" baseada na estrutura de capital
Aula 23 - As grandes crises econômicas e as discussões sobre Política Monetária e Bancos Centrais
Aula 24 - Ordem Social, Liberdade e Virtude
 
Para acessar o conjunto de aulas, acesse as páginas abaixo:
Página 1 - http://www.mises.org.br/FileUp.aspx?page=1&id=132
Páginas 2 - http://www.mises.org.br/FileUp.aspx?page=0&id=132 

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

[FORA FORO] Novamente, silêncio (quase) total nestas Eleições 2014



Só o candidato Levy Fidelix teve a coragem de falar do FORO DE SÃO PAULO. Tanto PT quanto PSB são integrantes desse organismo que congrega organizações de esquerda objetivando criar na América Latina um bloco de países comunistas ao modelo da antiga URSS.



https://www.youtube.com/watch?v=ZCS0EGXEJCY



https://www.youtube.com/watch?v=3PIahzAX4_k

No plano comum para toda a região consta: eleger presidentes entre seus membros, alterar as constituições, dominar os parlamentos e judiciários, censurar a imprensa, liberação de drogas entorpecentes. Argentina, Venezuela e Brasil são exemplos de como tem acontecido esta engenharia político-social.
 
Como disse Felipe Moura Brasil (clique aqui): "Já passou da hora de expor ao povo brasileiro o show de cinismos e ilegalidades deste grande teatro esquerdista que são as disputas eleitorais no país. Um quarto mandato do Foro, com Marina, não é “alternativa à polarização” alguma. É apenas o resultado da crença cega de um povo em uma esquerda revolucionária que se divide para fingir que não é a mesma."


Outra instrutiva postagem do Felipe Moura sobre o tema é CONHEÇA O FORO DE SÃO PAULO, O MAIOR INIMIGO DO BRASIL. Ali há entrevistas, vídeos e depoimentos de Lula, Hugo Chavez, José Dirceu e registros enfáticos do que este organismo pretende fazer na América latina, tendo o Brasil como grande mãe.


Para acompanhar de perto:

Felipe Moura Brasil ⎯ http://www.veja.com/felipemourabrasil

http://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil/2014/09/02/psb-de-marina-silva-e-do-foro-de-sao-paulo-entidade-que-deu-abrigo-e-apoio-politico-a-organizacoes-terroristas-como-ela-pode-pregar-soberania-democratica-se-seu-partido-conspirou-contra-isto-ju/

https://www.youtube.com/watch?v=ayn42uSLsEA

sexta-feira, 18 de julho de 2014

A CONTROVÉRSIA CLARK / VAN TIL




"The Clark/Van Til Controversy" — Episódio 163 de "Christ the Center", um dos podcasts do Reformed Forum. Entrevista com o Dr. K. Scott Oliphint.
http://reformedforum.org/podcasts/ctc...

Permissão foi concedida pelos autores para que a transcrição/tradução/edição/publicação deste vídeo fosse feita como parte dos trabalhos para o módulo TFL 412, "A Proposta Filosófica-Teológica de Gordon Clark", para o Centro Presbiteriano de Pós Graduação Andrew Jumper. http://cpaj.mackenzie.br

Tradutor: David Portela

O mundo além do mundo


GENTE FELIZ. UM ANO EM TAIGA

Happy People. A Year in the Taiga (2011). Russia, Siberia


Happy People A Year in the Taiga (2011) Russia... por myfilm-gr

Fonte: http://www.dailymotion.com/video/xw06wh_happy-people-a-year-in-the-taiga-2011-russia-siberia_shortfilms

quarta-feira, 18 de junho de 2014

ESPERANDO CONTRA A ESPERANÇA

Bela mensagem cantada que nos lembra da profecia do SENHOR trazida por Habacuque, registrada no capítulo terceiro de seu livro. O desafio proposto é para um questionamento pessoal sobre as motivações em nosso coração, diante das possibilidades diárias e iminentes de perdas, derrotas, fracassos, ou seja, a vida diária num mundo caído em que vivemos aguardando a redenção prometida e garantida unicamente em Jesus Cristo, esperança nossa.



Vídeo retirado de https://www.youtube.com/watch?v=X7wiUaLCJEc


13 Não foi por intermédio da lei que a Abraão ou a sua descendência coube a promessa de ser herdeiro do mundo, e sim mediante a justiça da fé.  14 Pois, se os da lei é que são os herdeiros, anula-se a fé e cancela-se a promessa,  15 porque a lei suscita a ira; mas onde não há lei, também não há transgressão.  16 Essa é a razão por que provém da fé, para que seja segundo a graça, a fim de que seja firme a promessa para toda a descendência, não somente ao que está no regime da lei, mas também ao que é da fé que teve Abraão (porque Abraão é pai de todos nós,  17 como está escrito: Por pai de muitas nações te constituí.), perante aquele no qual creu, o Deus que vivifica os mortos e chama à existência as coisas que não existem.  18 Abraão, esperando contra a esperança, creu, para vir a ser pai de muitas nações, segundo lhe fora dito: Assim será a tua descendência.  19 E, sem enfraquecer na fé, embora levasse em conta o seu próprio corpo amortecido, sendo já de cem anos, e a idade avançada de Sara,  20 não duvidou, por incredulidade, da promessa de Deus; mas, pela fé, se fortaleceu, dando glória a Deus,  21 estando plenamente convicto de que ele era poderoso para cumprir o que prometera.  22 Pelo que isso lhe foi também imputado para justiça.  23 E não somente por causa dele está escrito que lhe foi levado em conta,  24 mas também por nossa causa, posto que a nós igualmente nos será imputado, a saber, a nós que cremos naquele que ressuscitou dentre os mortos a Jesus, nosso Senhor,  25 o qual foi entregue por causa das nossas transgressões e ressuscitou por causa da nossa justificação. 1Justificados, pois, mediante a fé, temos paz com Deus por meio de nosso Senhor Jesus Cristo;  2 por intermédio de quem obtivemos igualmente acesso, pela fé, a esta graça na qual estamos firmes; e gloriamo-nos na esperança da glória de Deus.
(Romanos 4.13-5.2)


quinta-feira, 12 de junho de 2014

FUTEBOLATRIA - Por ocasião da decepção canarinha!

Escrevi o texto que segue em 2006, para o boletim dominical da igreja. Lembro ter sido publicado num jornal de circulação local na cidade. Relendo-o hoje, no dia da abertura da "Copa do Mundo de Futebol da FIFA" (que não se perca pelo nome!), desejei mudar uma ou outra frase, mas resisti e segue integralmente, tal como na época em que redigi. QUALQUER SEMELHANÇA NÃO É MERA COINCIDÊNCIA.




FUTEBOLATRIA*
Por ocasião da decepção canarinha!

  Há um culto no qual o brasileiro se tornou especialista, pretendo chamá-lo de FUTEBOLATRIA. Não é um ritual que começou a ser praticado agora, ele já existia. A cada quatro anos este culto atinge seu ponto alto. É fácil percebê-lo nas ruas, nos noticiários de televisão, no vestuário, no rádio, etc.
  Mas aqui não quero falar necessariamente do futebol, e sim da latria, palavra no latim que denuncia um profundo vazio do nosso povo, o vazio da alma. Contra o futebol eu nada tenho (só não me peçam para listar os nomes dos jogadores, não os conheço), mas contra a latria, o culto a outro que não o SENHOR Deus criador dos céus e da terra, isto sim, incomoda-me muito, pois Sua glória não pode ser dada a nada ou ninguém que não Ele próprio (leia Isaías 42.8).
  “Mas é só esporte!” alguém pode dizer. Tudo bem, o gosto por esportes também não é errado. Aliás, a Bíblia não despreza o cuidado com o corpo e os exercícios (1Timóteo 4.8). O apóstolo Paulo também apreciava os esportes, e ilustrou suas mensagens com exemplos da competição entre atletas, e nos encorajou a fé falando do prêmio que temos a receber com nossa vitória espiritual (1Coríntios 9.24-27; 2Timóteo 2.5). Conhecendo sua formação cultural grega, sem subestimar a judaica, seria razoável crer que Paulo tenha praticado esportes e, no mínimo, tê-los conhecido bem.
  Volto a dizer: o problema não está nos esportes, mas no modo como o brasileiro deposita suas esperanças e devoções buscando preencher o vazio do coração. A obsessão pelo futebol abafa o grito da alma do brasileiro. Povo sofrido que não encontrou seu Deus, nem se rendeu aos braços do Pai!
  Enganado desde os primeiros anos do ‘descobrimento’ europeu, reprimido pelas catequeses que tolheram seu espírito imaginativo, espoliado pelas Metrópoles nas riquezas naturais que o Criador ofereceu, confundido pelo sincretismo da senzala com a casa-grande, o brasileiro vive ainda uma crise de identidade. Nem branco, nem negro, nem índio, um sei-lá-quem nascido desta mistura, advogaria em sua defesa Darcy Ribeiro.
  Vivendo entre o sonho e a realidade, o brasileiro lança suas frustrações políticas, morais e espirituais no esporte, confirmando a advertência de João Calvino: “O coração do homem é uma fábrica de ídolos!”
  É neste cenário que surge a futebolatria, disfarçada de patriotismo, e o brasileiro é mais uma vez enganado. Esquece-se da pobreza, da fome, da vida, esquece-se de Deus. Ídolos – literalmente – surgem a todo tempo, e o verdadeiro Deus não é lembrado. A Ele não sobem orações, nem clamores, só o grito da torcida, e vaias também (holocaustos e sacrifícios não aceitáveis: Salmos 50.8,9; 51.16; Isaías 1.10-17). O ‘caneco’ de ouro parece ser a solução de todos os problemas, o encontro com o divino, a libertação da alma em cadeias...
  “Ó Brasil, quando despertarás? Quando renderás culto ao SENHOR? Quando provarás a verdadeira felicidade? Quando serás, realmente, uma nação abençoada? Quando provarás a alegria de ser bem-aventurado por ser o povo cujo Deus é o SENHOR?” (Salmo 144.15; 33.12)

Rev. Gilmar Araújo Gomes

_________________________  
*O dicionário diz que a criação de novas palavras chama-se neologismo. Acho que aqui temos um neologismo: FUTEBOLATRIA – adoração, culto ao futebol.


quarta-feira, 11 de junho de 2014

TRAGICÔMICO

O comediante Rowan Atkinson, famoso mundialmente pelo personagem Mr. Bean, encena uma  esquete no programa humorístico Not the Nine O' Clock News, veiculado pela BBC entre 1979 e 1982.

OS MARXISTAS


Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=4XiJxQYge0s


Ah, tem também uma abordagem cômica dos conservadores


COMÍCIO DOS CONSERVADORES

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=Tr2Rze3IKhs


Qualquer semelhança não é mera coincidência.

terça-feira, 10 de junho de 2014

REDENÇÃO CONSUMADA E APLICADA

O querido irmão Stênio Marcius, sem dúvida, é agraciado por Deus em conseguir ler a alma humana e com ela conversar através dos versos e melodias. Não somente é agraciado, mas consegue transmitir graça aos que lhe ouvem, ainda que à distância, como meu caso, ou bem de perto em congressos musicais ou em igrejas onde é convidado. Sua arte é marcada pelo sobejo de mensagens bíblicas, e porque tal, profundas, simples e diretas. Quem já chorou n'alma e n'olhos em adoração a Deus, desnudand'alma diante do Altíssimo, tem em sua obra uma grande companheira.

O SERgipano já falou dele AQUI e AQUI. Hoje volto para ressaltar uma de suas mensagens teológicas cantadas, entre as preferidas, CALENDÁRIO, que expressa a vitória dAquele que é SENHOR sobre tudo e todos, cativando a vontade humana para si. O já e o ainda não. Redenção consuma e aplicada. Soli Deo Gloria. 




O vídeo foi retirado de https://www.youtube.com/watch?v=b9ydziQHaP4

CALENDÁRIO

Quando o dia da graça chegar
Ouça o barulho das pedras rolando
Pois as muralhas da alma em queda livre ruirão
Quando a vontade do Rei se mover
Olha o vermelho brotando das rochas
Onde era pedra um coração de carne nascerá
Quando
Num calendário antigo
Chegar o dia e estiver marcado ali
Há muito tempo escrito ali teu nome
Então
Essa rainha altiva
Tua vontade comovida de joelhos
Ouvirá a voz de seu real Senhor
Quando o tempo das flores chegar
A primavera batendo em teu peito
Veja o deserto brotando em verde, em vida, em fruto e flor

Para conhecer melhor a obra dele, acesse o atalho do CAMINHOS DO CORAÇÃO de Nelson Bomilcar, com material especifico deste grande poeta nacional.


Stênio, querido irmão, seja Deus contigo e com os teus!

TUDO EM NOME DA COPA

Na semana de abertura da Copa do Mundo de Futebol no Brasil, a UOL preparou um instrutivo meio infográfico que reúne os principais destaques deste evento esportivo que afetou costumes, leis e política como nunca-antes-na-história-DESTEPAÍS. Com chamadas que abrem diversas outras matérias, os temas apresentados são os mais debatidos nos últimos meses de preparativos para o Mundial.

Eis o endereço:
http://copadomundo.uol.com.br/infograficos/2014/em-nome-da-copa/

A manchete de abertura das muitas e proveitosas reportagens é desafiadora: "A Copa é um dos maiores e mais emocionantes espetáculos do mundo. Para organizá-la, porém, operários morreram, leis foram desrespeitadas, bilhões foram gastos, desperdiçados ou desviados. Veja um balanço do sacrifício brasileiro em nome do Mundial."

TUDO em nome da Copa. Um aula de ciência social.

sexta-feira, 6 de junho de 2014

SEPARANDO JOIO E TRIGO

No vídeo abaixo, Mark Dever faz uma importante palestra sob o tema FALSOS CONVERTIDOS: Um Produto de uma Igreja sem Vida. Está disponibilizada no canal de vídeo do MINISTÉRIO FIEL, uma proveitosa fonte de recursos bíblicos para o crescimento e edificação dos cristãos.




Quanto ao vídeo, diz a sinopse do canal: "Neste vídeo, Mark Dever mostra como a falta de ortopraxia (a prática correta) pode gerar falsos convertidos. Ele afirma que é um erro apresentar uma igreja sem (1) santidade, (2) sofrimento e (3) amor. Uma igreja que é apresentada sem tais pontos é um lugar fácil para se ter falsos cristãos."

Para pensar seriamente.

EM BUSCA DOS DIREITOS PERDIDOS

- Proteção à vida
- Resistência à tirania
- Respeito à propriedade privada
- Lições da história
- Direitos individuais

Tudo isto na entrevista abaixo, concedida por Bené Barbosa, presidente da ONG MOVIMENTO VIVA BRASIL ao canal de vídeo Moral Política




SINAL DOS TEMPOS

Que análise precisa fez o colunista João Pereira Coutinho ao escrever o artigo FASCISMO LIGHT, publicado no último dia 03 de junho no Jornal Folha de S. Paulo. Considerações precisas quanto à mentalidade totalitária que vem crescendo no Estado brasileiro.

O texto toma como referência a última norma governamental que impõe medidas coercitivas sobre as escolhas individuais dos cidadãos, especificamente na relação de consumo, tendo como contexto os proprietários de bares e restaurantes em sua relação com clientes que fumam.

Como a história está sempre a nos ensinar, convém lembrar a máxima que alimentou a Itália fascista, e revigora apetites tupiniquins: "Tudo para o Estado, nada contra o Estado, nada fora do Estado."

http://www1.folha.uol.com.br/colunas/joaopereiracoutinho/2014/06/1463776-fascismo-light.shtml

ENTENDENDO A INTERNET


Para quem gosta de entender a origem e o desenvolvimento dos processos tecnológicos que nos cercam, acessando o endereço abaixo, encontram-se mapas que explicam a origem e evolução da internet. Muito instrutivo.

http://www.vox.com/a/internet-maps


Fonte: Contribuição do blog do Dr. Antony Muller http://socec.blogspot.com.br/2014/06/entenda-internet.html

segunda-feira, 26 de maio de 2014

SÓ AGRADECER - FATO IMERECEDOR



Que eu não mereço já me disseram as Escrituras, sabem meus amigos, reconhece minha consciência. Mas o final de semana que vivi tende a me iludir do contrário.

As atividades no campo missionário seguem a vapor pleno (e não falo só da 'fumaça' rsrsrs - a turma de 2004 entenderá!). A amada esposa recém-graduada, agora é pós-graduanda pela UFS, sonho antigo se realizando. Filhos tementes a Deus, progredindo na escola, e um deles preparando-se para a faculdade. Sem dúvida, família é bênção e herança do SENHOR, como nos dizem as Escrituras (vide os Salmos 127 e 128; Eclesiastes 9.9), a aliviar as dores quotidianas dos cardos e abrolhos (Gênesis 3.17-19).



SERgipano em pose de fidalgo aos 39 do primeiro tempo
24 de maio de 2014

O sábado começou com pose de fidalgo, antes de sair para a batalha da vida que segue, e terminou com bolo de goiabada e queijo, quem já provou esta arte da D. Lindiana sabe o que é bom!

Entre orações, frases de felicitação e telefonas recebidos, Lindiana resolveu - sem falar comigo, porque sabe que sou arredio a tanto - preparar homenagem na rede azul, o tal facebook. Então, surgiram mais manifestações amoráveis de queridos espalhados mundo afora. Que dizer? O imerecimento é um fato, o constrangimento que o amor manifesto causa me faz entender melhor porque e como ele cobre multidão de pecados (1Pedro 4.8).

Olho em volta e reconheço motivos de gratidão a Deus. 3 deles podem ser admirados abaixo:

Laura - José - Zenas
Como no latim, no hebraico e no grego, dá trabalho no começo, 
mas depois o esforço torna-se satisfação para toda a vida.

No domingo, serviço a Deus em culto comunitário, estudo, ensino e exposição das Escrituras Sagradas. Atividades manhã, tarde e noite. Não, não sou ativista, foi programação atípica, mas se assim ocorreu entendi como mais um presente de Deus. Terminar o Dia do SENHOR pregando Sua Palavra para um grupo novo de 8 pessoas sem confissão cristã, foi a cereja do bolo, o tal de goibada e queijo.

Em casa, fizeram um play list (é assim  que se fala?) de músicas para a mãe. Caiu de tocarem a música 'Comunhão', de Kleber Lucas. Trouxe-nos gratíssimas lembranças de amigos que ficarão em nossos corações para além das intempéries da vida. Quem lê e lembra, entenda!! Ó uma palhinha abaixo:



E o final de semana só terminou depois de fazer mais pose, agora, melhor acompanhado, com aquela que se tornou carne de minha carne.

Padre protestante SERgipano e a honrosa mulher do referido padre
25 de maio de 2014

Enfim, tendo vivido até aqui tudo o que o SENHOR da providência me permitiu, conto os anos passados, aguardo os que virão, e repito as palavras de Hemon: "A nada que não seja oportuno. Se sou jovem, importa atentar não para idade mas para os fatos." (Sófocles, in: Antígona, fragmento 725)

O fato é que, embora imerecedor, sou feliz, com Jesus!


domingo, 18 de maio de 2014

CONSCIÊNCIA CRISTÃ



SOZINHO NA MULTIDÃO 


"Não seguirás a multidão para fazer o mal." (Ex 23.2)




Por volta de 1640, o artista holandês Jan Lievens expressou em xilografia (entalhe na madeira) um retrato marcante da realidade humana, a cena é intitulada “Caim mata Abel”. A paisagem árida imaginada pelo autor permite notar ao fundo os espinhos pontiagudos da dor e da maldição (Gn 3.17,18); a fumaça sobe de um holocausto, lembrando-nos o motivo da inveja do homicida (Gn 4.4,5). A cena transporta o observador para o exato momento do pecado. Abel, já caído sobre seu braço direito, estende o outro braço na direção de Caim, tentando, sem sucesso, impedir o fraticida. O irmão mais velho, contendo a vítima, segurando-a pela vestimenta de peles, ergue com o braço esquerdo o que parece ser uma queixada de animal.

Há alguns dias, a barbárie se manifestou na periferia na cidade paulista de Guarulhos. Ao soar de um falso alarme, dezenas de pessoas avançaram com selvageria sobre uma mulher que chegava da igreja, com bíblia em mãos, e diante de suas filhas. O motivo do ataque? Alguém disse que ela maltratava crianças. A mulher foi espancada até à morte por causa de um falso testemunho.

Semana passada, no estado de Pernambuco, o terror tomou as ruas com a greve dos policiais. Sem a espada da autoridade para contê-los (Rm 13.4), centenas de criminosos assaltaram lojas, saquearam produtos, carregaram roupas, mataram.  

Os exemplos acima têm algo de comum. Eles confirmam a verdade do ensino bíblico sobre o coração humano, que é enganoso e desesperadamente corrupto (Jr 17.9), propenso a furtar, mentir e usar de falsidade para com o próximo (Lv 19.11,16). As Escrituras estão certas: “todos se extraviaram e juntamente se corromperam; não há quem faça o bem, não há nem um sequer.” (Sl 14.3). Mas, alguém pode perguntar: se todos são assim, por que nem todos estão furtando, mentindo e matando abertamente, diante dos olhos? Então, responderia: Até nas exceções as Escrituras acertaram! O texto de Ex 23.2 em epígrafe registra a solidão e o anonimato como incentivo para o coração depravado do ser humano. Os criminosos em Guarulhos e Recife estavam tão sozinhos quanto Caim. A multidão produz esta falsa sensação de segurança. O indivíduo desaparece na turba. Mesmo dentro da multidão, sozinho para pecar.

A solução para frear os instintos de nosso coração corrupto é o afastar-se da multidão, que sempre tende para o mal, lembrando que “os olhos do SENHOR estão em todo lugar, contemplando os maus e bons.” (Pv 15.3; Sl 11.4,5).



Rev. Gilmar Araujo Gomes, VDM
Pastor


(Mensagem Pastoral para o boletim dominical da Igreja Presbiteriana LUZ do dia 18/maio/2014)

quinta-feira, 24 de abril de 2014

quarta-feira, 2 de abril de 2014

PARA MEMÓRIA



A sequencia a seguir é muito instrutiva para relembrarmos o Contra-Golpe que as Forças Armadas do Brasil impuseram à tentativa de revolução comunista em nossa nação:
1º) uma didática entrevista do jornalista e filósofo Olavo de Carvalho concedida à RADIOVOX
2º) uma video-aula de história apresentada pelo historiador Mauro Abranches, em que os arquivos da KGB são apresentados nos registros do serviço secreto da Tchecoslováquia.
3º) um artigo do Prof. Olavo publicado no Diário do Comércio (http://www.dcomercio.com.br/2014/03/23/a-kgb-no-brasil) com o título A KGB no Brasil
 
O material a seguir confirma a presença comunista em todas as mais importantes instituições brasileiras, antes mesmo da queda de Jango. As suspeitas eram procedentes: já estávamos sendo influenciados pelo comunismo. Portanto, 31 de março de 1964 marca um CONTRA-GOLPE ao que já estava em vigor.



50 ANOS DO CONTRA-GOLPE





O BRASIL NOS ARQUIVOS DE ESPIONAGEM DO BLOCO SOVIÉTICO





A KGB NO BRASIL
Publicado em Domingo, 23 Março 2014 18:57
http://www.dcomercio.com.br/2014/03/23/a-kgb-no-brasil

Quem leu o meu artigo "A história proibida", publicado no último número do Digesto Econômico (http://goo.gl/QKdEya), não deve perder o vídeo "O Brasil nos arquivos de espionagem do bloco soviético" (http://www. youtube.com/watch?v= Dbt1rIg8FbI), que o confirma integralmente com documentos de fonte primária revelados pela primeira vez no mundo.

Os papéis, obtidos diretamente dos arquivos da polícia secreta da antiga Checoslováquia, estavam, desde o fim do regime comunista, guardados no acervo do Instituto para o Estudo dos Regimes Totalitários, na República Checa, onde, com a ajuda de pesquisadores locais, foram encontrados por Mauro Abranches, um tradutor brasileiro que mora na Polônia.

Sem qualquer intenção política, o autor do vídeo se abstém de opinar sobre o conteúdo dos documentos. Apenas os exibe e traduz. Mas eles falam por si, e o que dizem compõe um requisitório devastador contra a pseudo-historiografia, sectária e mendaz, que há décadas intoxica a mentalidade dos brasileiros com uma versão unilateral e deformada de sessenta anos da vida política nacional.

O que caracteriza essa bibliografia, consagrada no mercado editorial, na grande mídia e nos currículos universitários como verdade de evangelho, é a balela pueril de que tudo o que aconteceu na política brasileira, nos anos 60-70 do século 20, foi o conflito entre agentes de uma superpotência imperialista, armados até os dentes, e, do outro lado, um punhado de bravos patriotas minoritários, isolados e entregues praticamente inermes à mercê de um poder tirânico e repressivo.

Quando reconhecem que a luta foi um episódio da Guerra Fria, buscam dar a impressão de que esta se travou entre os americanos e um grupo de brasileirinhos desamparados.O antagonista maior dos EUA, a URSS, desaparece por completo, dando a entender que a ameaça comunista, na época, era um delírio de direitistas paranóicos ou a desculpa esfarrapada dos golpistas para derrubar um governo democraticamente eleito.

Milhares de livros, reportagens, teses universitárias e especiais de TV construíram e defenderam laboriosamente essa versão, que se baseava e se baseia até hoje, essencialmente, em dois pilares: (a) a repetição servil e obstinada do que os serviços secretos soviéticos mandaram dizer; (b) a ocultação sistemática da atuação da KGB e de seus parceiros tchecos no Brasil.

Complementarmente, o papel dos EUA na produção dos acontecimentos aparece monstruosamente ampliado, a despeito do fato de que na época nem mesmo o chefe da KGB no Brasil, Ladislav Bittman, sabia de qualquer agente da CIA lotado no país e até hoje nenhum nome de espião americano comprovadamente associado ao planejamento do golpe de 1964 jamais apareceu. Nem um único sequer.

Em 1985 Bittman publicou o livro de memórias The KGB and Soviet Disinformation ,no qual confessava que a história da participação americana na derrubada de João Goulart fôra inteiramente inventada pelos seus subordinados, na base de documentos forjados.

A "Operação Thomas Mann" ou "Operação Toro", como a chamaram seus criadores, ditou os termos em que a história do golpe deveria ser escrita. Até jornalistas do calibre de um Otto Maria Carpeaux ajudaram a impingi-la ao público. E ainda hoje a vontade de Moscou é obedecida sem discussões por milhares de jornalistas, historiadores e professores neste país.

Não há talvez, na história do mundo, exemplo similar de tão duradoura fidelidade residual às ordens de um regime extinto. Desde 2001 insisto que entrevistar Bittman seria o dever estrito de qualquer historiador ou jornalista que desejasse contar com honestidade a história de 1964, mas, é claro, fui sempre recebido com um silêncio desdenhoso. A hipótese, então, de investigar mais amplamente nos arquivos soviéticos a penetração da KGB no Brasil, essa era repelida como um verdadeiro crime de lesa-pátria.

Mas agora não se trata só da palavra de um agente secreto aposentado ou do clamor de um articulista maluco. São centenas de páginas de um acordo oficial assinado no início dos anos 60 entre a KGB e o serviço secreto checo (STB) para operações no Terceiro Mundo, incluindo o Brasil.

A conclusão é incontornável: enquanto a ação dos serviços secretos americanos nas altas esferas da vida nacional primava pela rarefação ou pela completa ausência, a KGB-STB estava infiltrada e atuante em todos os escalões do poder, incluindo-se aí ministérios, empresas estatais e Forças Armadas, instituições científicas e educacionais e, é claro, grande mídia. A "ameaça comunista" nunca foi um pesadelo de malucos ou uma "teoria da conspiração", mas sim uma presença intrusiva e avassaladora, o mais profundo golpe já desferido na soberania nacional.

Os documentos trazem, junto com o plano, um extenso relato das operações já em curso de realização, com os nomes das entidades infiltradas, das ações aí empreendidas e, melhor que tudo, dos agentes encarregados.O prof. Abranches, com muita razão, pede que esses nomes não sejam ainda denunciados, por ser impossível distinguir, num primeiro momento, quais deles são de agentes profissionais e quais os de pessoas que foram forçadas a colaborar com a polícia secreta mediante chantagem ou ameaça.

Não comentarei, portanto, aqueles que pude ler na tela e reconheci de imediato.

Só digo uma coisa: muitos desses velhos servidores de uma potência genocida ainda estão por aí, brilhando nos jornais e nas cátedras, com as caras mais respeitáveis do mundo, ludibriando diariamente o público brasileiro. "Não existe ex-KGB", ensina Vladimir Putin.


Olavo de Carvalho é jornalista, ensaísta e prof. de Filosofia

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

UMA PROCLAMAÇÃO PARA NOSSOS DIAS

Faço questão de deixar aqui registrado este depoimento do Dr. Marcos Nogueira Eberlin na abertura do I Simpósio Darwinismo Hoje, promovido pela Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2008

Sua palavra inicial explica a razão pela qual passou a dedicar seus estudos à Teoria do Desenho Inteligente (TDI) / Intelligent Design Theory (IDT), que analisa a complexidade da vida.


http://www.youtube.com/embed/ELGlpWi1vMI?list=UUgXYFVs4ijkNRfmnUKZDnaQ

Como fruto de suas pesquisas, Dr. Eberlin tem produzido o web-book FOMOS PLANEJADOS com substancial material de estudo acessível aos internautas. Os mais argutos podem conferir sua formação aqui: http://www.fomosplanejados.com.br/prof/

Com os vídeos expostos aqui, poderei sempre voltar à observação deles, estando também disponíveis a quem interessar possa. Aqui fica perpetuada esta proclamação necessária para nossos dias, e o SERgipano abre espaço para suas afirmações sobre o que Darwin não viu nem podia ver em seus dias. Espero que hoje queiram ver o que já é possível.

Segue o vídeo completo da noite de abertura

http://www.youtube.com/watch?v=Oa2Jk4yiruY&list=UUgXYFVs4ijkNRfmnUKZDnaQ&feature=share&index=1

Ao Criador da complexidade irredutível, toda glória!

ÁUDIO - Novo Testamento

Operação LAVA JATO

Operação LAVA JATO
Operação LAVA JATO

Nosso recall - AS MAIS ACESSADAS

GUERRILHA

Palavras-chave para encontrar as mensagens afins

'picou o fumo' (1) 1859 (1) 1984 (1) 83 anos (1) A Revolução dos Bichos (1) Abel (1) aborto (1) abstinência (1) ABU (1) Academia (2) acústico (1) Aécio (1) aforismo (6) Agur (1) Alagoas (1) Alexander Blackford (1) Alexandria (1) aliança (2) aloprados (5) Améria Latina (1) América Latina (2) Amigos (1) anticomunismo (18) Anticristo (2) Antony Muller (1) Apologética (8) apostila (1) Aracaju (1) arte (13) AT (1) ateísmo (1) atualização (1) aula (4) banda mais bonita da cidade (2) Bandeira Nacional (1) Barack Obama (3) Batistas do Brasil (1) batistões (1) BBC (1) bênção (1) Bené Barbosa (1) Bento XVI (1) Betânia (1) Bíblia (10) biologia (1) Brasil (29) Bruno Garschagen (1) C. S. Lewis (4) Cabo Anselmo (1) Caim (1) Caio Fábio (2) Calvário (1) calvinistas (5) Calvino500 (5) canções (8) Capitalismo (2) Casa Editora Presbiteriana (1) casamento (1) castidade (1) CEP (1) ciência (3) cinema (1) citações (2) compromisso (3) comunidades (1) comunismo (12) Confissão de Fé (3) Confissão de Fé da Guanabara (3) Confissão de Fé de Westminster (1) consciência cristã (2) conservadores (7) Constituição Federal (2) Copa do Mundo (1) Cornelius van Til (1) corrupção (4) Cosmovisão (3) CPAJ (1) cria (1) CRIAÇÃO-QUEDA-REDENÇÃO (2) criacionismo (2) cristianismo (9) Cuba (5) cultura (7) curiosidades (1) curso (2) D. Pedro II (1) Darth Vader (1) Darwin (1) darwinismo (1) Davi Charles Gomes (1) David Portela (1) debate (2) DEM (2) Democracia (3) dengue (2) depravação total (1) descaso (3) Desenho Inteligente (1) desmando (1) Deus (1) DI (1) Dilma (10) direita (5) direito (2) distopia (1) ditadura (8) Ditadura gay (7) documentário (1) doutorado (1) Drummond de Andrade (1) Duran Duran (1) eclesiologia (1) economia (5) Ed René Kivitz (1) Editora FIEL (1) Eduardo Galeano (1) Eduardo Mano (1) Edward Elgar (1) Egito (2) Eleição (2) eleições (9) Enéas Carneiro (1) EPL (1) escândalo (1) Escola Austríaca (1) esperança (1) espiritualidade (1) esquerda (6) Estado (2) Estudantes Pela Liberdade (2) ética (2) EUA (4) evangelismo reformado (2) Evangelização (6) exegese (1) Exército Brasileiro (2) Exposições Bíblicas (6) Família (1) Fança (1) FARC (2) fascismo (1) (5) fé reformada (3) felicidade (1) Felipe Moura (1) Fernanda Takai (1) Fernando Pessoa (1) Fidel Castro (2) FIFA (2) filme (1) filosofia (6) Forças Especiais (1) formatura (1) Foro São Paulo (5) foto (4) França Antártica (3) Francis Shaeffer (3) Francisco Leonardo Schalkwijk (1) futebol (2) futebolatria (1) Gabriel Melo (1) Gênesis (1) gente (1) George Orwell (2) George W. Bush (1) Gladir Cabral (1) Gordon Clark (1) governo (5) governo mundial (1) graça comum (2) Guilherme de Carvalho (2) Habreus (1) hangout (1) Hermann Dooyeweerd (2) hermenêutica (1) hetero (2) hipocrisia (1) história (2) homenagem (1) Hugo Chaves (2) huguenotes (2) Humberto Gessinger (1) Humor (9) identidade (1) ideologia de gênero (1) idolatria (2) Igreja (5) Igreja Presbiteriana (8) Igreja Presbiteriana da Escócia (1) igreja romana (1) incoerência (1) indiferença (1) Ìndio da Costa (1) Inerrância bíblica (4) Intelligent Design (1) internet (1) IP Simão Dias (4) IPB (7) IPB150 (2) IPSD (1) ironia (1) Itaporanga Dajuda (1) Jan Lievens (1) Jesus Cristo (5) JMC (2) (1) João Calvino (6) João Pereira Coutinho (1) John MacArthur (1) John Piper (1) Jorge Camargo (1) Jorge Rheder (1) José Anselmo dos Santos (1) Josh McDowell (1) julgamento do mensalão (1) KGB (1) Kim Kataguiri (1) L'Abri Brasil (2) Lagarto (3) Laranjeiras (1) Laudelino Freire (1) leis (2) liberais (2) liberalismo econômico (5) liberalismo teológico (2) liberdade de expressão (2) Liberte-SE UFS (1) lirismo (1) literatura (1) livros (4) Lobão (1) lógica (1) Ludgero Bonilha (1) Ludwig von Mises (1) Luiz Felipe Pondé (2) LULA-PT (20) Lupércio Damasceno (1) mães (1) mal (1) maldição (2) mandato cultural (2) manutenção (1) mapas (1) Marcos Almeida (1) Marcos Eberlin (1) Marina (1) Mark Dever (1) Martinho Lutero (2) mártires (1) Marx (2) marxismo (2) masculinidade (1) Mauricio Pereira (1) Mauro Abranches (1) Max Weber (1) médicos cubanos (1) mensalão (1) mentira (2) método histórico-gramatical (1) Milton Friedman (1) Ministério FIEL (1) Mises Brasil (1) missões presbiterianas (1) Mocidade Presbiteriana (1) movimento gospel (2) Movimento Viva Brasil (1) Mr. Bean (1) MST (1) música (18) nacionalismo (1) Nancy Pearcey (1) Nárnia (1) Natal (2) natureza (1) Nelson Bomilcar (2) neopentecostalismo (1) Nova Ordem Mundial (1) NT (1) nutrição (1) Olavo de Carvalho (4) oração (2) Os Trabalhadores do Mar (1) Paixão de Cristo (1) Palavra de Deus (6) Palavrantiga (1) palestra (1) Papa (2) PAPAweek (1) Paraguai (1) páscoa (1) pastorado (1) Pato Fu (1) pátria (1) Patrocínio (1) Paulinho Marota (1) Paulo Autran (1) pecado (9) pérolas (2) pesquisa (1) PeTralhas (17) piedade (1) poesia (18) policial (1) política (36) Pregação (3) Presb. Udilson Soares Ribeiro (1) presbiterianismo (1) Presbiterianos em Sergipe (1) Prof. Dr. William de Siqueira Piauí (1) PRONA (1) propriedade privada (1) protesto (5) Provérbios (1) pureza (1) química (1) R. R. Tolkien (1) rádio (1) Rebanhão (1) redenção (1) Reforma Protestante (8) religião (2) resistência (1) ressurreição (1) Rev. Gilmar Araujo Gomes (7) Rev. Ruben Viana (1) revolta (2) revolução (6) Revolução Cultural (3) Revolução Francesa (1) rio São Francisco (1) Roberto Campos (1) Robespierre (1) Roda Viva (1) Rodrigo Lopés (1) Romanismo (3) Rookmaaker (1) Rowan Atkinson (1) Salomão (1) saúde (1) secularismo (3) seita (2) Semana Teológica (1) sergipano (6) Sergipe (8) sexo (2) shalom (1) Sibéria (1) Silvio Romero (1) Simão Dias (2) simbologia (2) símbolos cristãos (1) sistema conciliar (3) sistema de governo (7) sistema federativo (2) socialismo (2) Star Wars (1) Stênio Marcius (4) Suécia (1) Tabernáculo (1) Taiga (1) Taxonomia (1) tecnologia (1) televisão (1) teodiceia (1) Teologia (12) terrorismo (5) terrorista (2) Testemunho (4) Tiago Iorc (1) tirania (2) Tobias Barreto (1) totalitarismo (6) Trovoa (1) Tunísia (1) UFS (4) Universidade Presbiteriana Mackenzie (5) utopia (1) Verdade (3) Victor Hugo (1) vida (1) vida rústica (1) Vídeos (26) votos (1) Wittenberg (1) Zusha Music (1)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

MAIS ALIMENTO

---------------------- Reina-Valera (RVR 1995) ---------------------- Nouvelle Edition de Genève (NEG1979) ---------------------- New International Version (NIV) ---------------------- ---------------------- ---------------------- FONTE: https://www.biblegateway.com/usage/votd/custom_votd/?version=NIV

CANÇÃO PARA JÓ - Gladir Cabral

https://w.soundcloud.com/player/?visual=true&url=https%3A%2F%2Fapi.soundcloud.com%2Ftracks%2F130150703&show_artwork=true&= FONTE: https://www.youtube.com/watch?v=TuWnsp1GML4